Como Fazer um Curriculum Vitae

Quando se fala em curriculum vitae, a maioria das pessoas tem um problema sério, esquecem que o principal motivo de mandar um curriculum não é ser contratado por ele, e sim que ele desperte o interesse do selecionador para convidar o candidato para uma entrevista.Neste caso, um bom curriculum vitae não é o mais completo ou aquele que te represente melhor, e sim aquele que cause uma boa impressão e faça com que os selecionadores convidem para entrevistas. Como fazer isto? Vamos explicar!

Um bom curriculum vitae não tem fórmula.

Esta é a primeira regra a entender, não existem fórmulas mágicas sobre como tornar um curriculum vitae mais interessante.

Existem sim algumas diretrizes que podem aumentar suas chances, já que muitas vezes não é a questão da apresentação, e sim do que é apresentado. Considere também a possibilidade de precisar melhorar suas qualificações para conseguir a vaga que deseja.

Se você já tem as qualificações e a experiências e ainda assim não está recebendo convites para entrevistas, porém, poder ser seu curriculum vitae te sabotando.

Um bom curriculum vitae precisa destas três características principais:

Veracidade: Não mentir no curriculum vitae é fundamental e ainda assim muitas pessoas insistem neste erro primário. Mentir no curriculum é como vender um produto dizendo que ele faz mais do que pode fazer de verdade.

A não ser que você seja plenamente capaz de manter esta mentira de forma perfeita (o que já a desqualificaria como mentira), não minta.

Omissão é um pouco diferente, você não é obrigado a colocar uma experiência profissional onde, por qualquer motivo que fosse, você não saiu de forma amigável e ficaram ressentimentos, mas se acontecer de seu atual contratante descobrir, você pode ter problemas. Lembre-se que o relacionamento profissional é construído sobre uma base de confiança.

Assertividade: Assertividade significa ir direto ao ponto, sem rodeios ou meias palavras. Quanto mais decidido o texto do seu curriculum vitae parecer, melhor. Além do mais, selecionadores lidam com centenas de curriculum vitae por dia e um bom curriculum vitae salta aos olhos destes profissionais, fazendo com que prestem mais atenção no seu potencial

Capacidade de “vender” o candidato: Não é interessante ter um curriculum vitae que tem as duas capacidades anteriores, mas se torna totalmente incapaz de vender o candidato.

Será que você está sendo crítico demais consigo mesmo? Será que não seria o momento para rever aquele seu defeito que você colocou no seu curriculum vitae e pode ser o principal motivo de você ter sido demitido de seu emprego anterior? Apresente um bom objetivo profissional para curriculum e conquiste a vaga de emprego.

A auto-análise das razões pelas quais um bom curriculum vitae não o está levando para boas vagas de emprego é fundamental para que seu retorno ao mercado seja positivo e sua carreira seja uma crescente após este período fora.

Outro detalhe que muitos esquecem é que empresários do mesmo ramo nem sempre são concorrentes, já que com um pouco de conversa e um acordo de cavalheiros, é possível criar um meio termo de mercado onde todos saem ganhando.

Então, criar uma rede de relacionamentos (o chamado networking) é sempre algo muito positivo, pois você ser convidado para vagas das quais nem sabia por indicação de algum ex-chefe ou colega de trabalho que gosta da sua maneira de desenvolver as funções.

1 comentário em “Como Fazer um Curriculum Vitae”

  1. Ola pessoal do Curriculumvitae, venho aqui pedir umas orientações: estou a muitos anos
    trabalhando como autônomo, na área de prestação de serviço e vendas,( ambulante na areia da praia),e nunca mais procurei emprego fixo, mas agora com 45 anos queria voltar para segurança do emprego fixo “se assim posso denominar “. tenho cursos de informatica, elétrica, qualidade no atendimento, segurança do trabalho entre outros.
    Então é isso, obrigado. Att.

    Responder

Deixe um comentário