Minha Casa Melhor x Cartão Reforma: saiba como funciona

Quando o presidente Temer anunciou a criação do programa cartão reforma surgiram boatos de que seria um complemento a outro programa já existente, o Minha casa melhor.

No entanto, cada um deles é um benefício diferente que envolve determinada situação e necessidade da população.

Inclusive uma das diferenças já é notada logo de cara, já que o cartão reforma trata-se de um benefício oferecido pelo governo, sem o envolvimento com instituições financeiras e o Minha casa melhor é um programa da Caixa Econômica Federal, complementar ao Minha Casa, Minha vida.

Entenda agora a diferença entre cada um dos programas, incluindo do que se tratam e quem tem direito aos benefícios: Entenda a diferença entre o programa cartão reforma e o minha casa melhor

Programa Minha Casa Melhor

O programa Minha casa melhor é complementar ao Minha Casa, Minha Vida. Trata-se de um incentivo para que o beneficiário possa completar sua casa, comprando eletrodomésticos e móveis.

Ou seja, contempla a compra de itens essenciais para a casa como mesas, guarda-roupas, fogões, geladeiras, etc.

Programa Minha Casa Melhor

Programa Minha Casa Melhor

Para participar é preciso estar em dia com as prestações do Minha Casa, Minha Vida. Quando a residência fica pronta o beneficiário recebe um cartão com até R$ 5 mil de empréstimo para que possa equipar a nova casa.

Além disso, os produtos contemplados pelo programa têm um valor máximo permitido para a compra.

Pode-se dizer que o Minha Casa Melhor não se trata de um benefício, mas sim de um empréstimo, pois apesar de possui valores menores e permitir maior prazo de parcelamento é necessário que o valor emprestado seja pago para a Caixa Econômica Federal.

Quem entra para o Minha casa melhor passa a pagar o valor contratado apenas após gastá-lo por completo, o que permite que o beneficiário possa se organizar financeiramente até equipar toda sua casa.

Atualmente o programa encontra-se temporariamente suspenso para novos cadastros.

Programa cartão reforma

Para participar do programa cartão reforma não é necessário estar cadastrado no Minha Casa, Minha Vida ou em qualquer outro programa de financiamento residencial.

Inclusive, o intuito desse benefício é custear melhorias relacionadas a residência e não a móveis e eletrodomésticos.

Reformas, mudança de casa de madeira para casa de alvenaria, troca de telhado, mudanças no sistema hidráulico. O cartão reforma está relacionado a obras e vem com o objetivo de ajudar nos custos dos materiais de construção que serão necessários.

cartão reforma cadastro

cartão reforma cadastro

Esse programa também é voltado para famílias de baixa renda que já possuem casa própria, no entanto vivem em condições precárias que podem ser mudadas com uma ajuda de custo.

O valor cedido no cartão reforma é literalmente um benefício. Ou seja, a família que for aceita para participar desse programa do governo não faz um empréstimo, mas sim “ganha” esse valor para fazer melhorias em sua residência.

Limite de Crédito Cartão Reforma

R$ 5 mil é o valor médio que o governo planeja destinar as famílias que se cadastrarem no programa.

Vale lembrar que o cartão reforma custeia apenas os materiais de construção, deixando a mão-de-obra por conta do beneficiário.

Técnicos também serão disponibilizados para garantir que a reforma se encontra regularizada.

De acordo com o Ministério das Cidades, responsável pela gestão do cartão reforma, serão 100 mil famílias beneficiadas pelo programa, que receberá um investimento de R$ 500 milhões por parte do atual presidente.

Existem grandes diferenças entre o cartão reforma e o programa Minha casa melhor.

Inclusive tratam-se de benefícios totalmente diferentes e que não estão nem um pouco ligados.

Enquanto o primeiro se trata de uma ajuda de custo para melhorias relacionadas a construção, o segundo envolve um empréstimo junto a uma instituição financeira para que se possa equipar a casa própria recém adquirida.

Faça um comentário